DESPEDIDA BILIONÁRIA: Lionel Messi pode tomar punições ao sair do Barcelona. Vem saber quais são



DESPEDIDA BILIONÁRIA: Lionel Messi pode tomar punições ao sair do Barcelona. Vem saber quais são

Deixar ou não o Barcelona? Eis a difícil decisão para o argentino Lionel Messi

  • Está quase se tornando uma novela mexicana a possível saída de Lionel Messi do Barcelona. Caso se concretize, vai envolver uma multa bilionária. O craque argentino deu mais um sinal de que quer mudar de ares na próxima temporada ao não comparecer ao Centro de Treinamento do clube para os testes de Covid-19 antes da reapresentação. 
    Mas que consequências a atitude do atacante pode causar? A imprensa da Espanha vem dizendo que o Barça não pretende multar Messi pela falta do último domingo. A intenção do clube é conversar com os representantes do atleta para tentar convencê-lo a se reintegrar ao elenco. Inclusive, está previsto para quarta-feira um encontro entre o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu e o pai e agente de Messi.
    O ponto crucial é que o Barcelona não tem a intenção de se desfazer de uma de suas principais estrelas. O clube já indicou que só aceita se reunir com o atacante para discutir a renovação do contrato que expira em 2021. Qualquer outra conversa estaria fora de questão.
    Se partir para a esfera jurídica existirá divergência. Messi quer deixar o Barcelona de forma unilateral, ou seja, sem o pagamento da multa rescisória de 700 milhões de Euros, equivalente a aproximadamente R$ 4,5 bilhões. O jogador explicitou isso em um burofax enviado ao clube na semana passada e se apega a uma cláusula contratual que indica que ele teria o direito de sair do time catalão até 10 dias após o fim da temporada.
    Por outro lado, o Barcelona alega que o documento previa essa possibilidade até a data limite de 10 de junho. Inicialmente, a temporada estava prevista para acabar em 31 de maio, mas foi prorrogada por causa da pandemia do coronavírus.
    Sem nenhum acordo três cenários surgem: Messi desiste de sair e segue no Barcelona até o fim do contrato; Algum clube, ou o próprio Messi, desembolsa os 700 milhões de euros referentes à multa contratual; ou Messi pede à Fifa um CTI (Certificado de Transferência Provisória) e assina com um novo clube. Neste último caso, os desdobramentos levariam a uma batalha judicial.
    Caso Messi decida mesmo deixar o Barça, não vão faltar interessados no argentino. Os principais deles são o Manchester City, time de Pep Guardiola que aparece como o grande favorito, Inter de Milão, Paris Saint Germain, Manchester United e o Newell’s Old Boys, da Argentina.
    Aguardemos as cenas dos próximos capítulos que prometem emoção e adrenalina para os fãs de Messi.

  • Daniel Zílio

    Daniel Zílio, jornalista, que há 11 anos atua no ramo da comunicação, levando informação com ética.

Comentários


Deixe um comentário


2DZ © 2020 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Tribo Propaganda