DESAFIO DO AMOR: Paciente percorreu 260km de bicicleta entre hospitais onde fez tratamento de câncer



DESAFIO DO AMOR: Paciente percorreu 260km de bicicleta entre hospitais onde fez tratamento de câncer

Em nome da solidariedade, a paciente Juliana Petini, participou do Desafio do Amor

  • Muita determinação e em nome da solidariedade que a paciente Juliana Petini, da cidade de Fernandópolis, aceitou a missão  e participou do “Desafio do Amor”, um pedal solidário (nome dado a trajeto feito em bicicleta, em prol de uma causa social), que começou na cidade de Redenção, no Pará, e hoje já se espalhou por todo o Brasil. Juliana Petini tinha como desafio iniciar o caminho a ser percorrido em frente à unidade do Hospital de Amor (HA), em Jales, cidade onde realizou seu tratamento contra um câncer de mama; seguir para o Instituto de Prevenção da instituição, em Fernandópolis, onde recebeu o diagnóstico da doença e finalizar na sede da instituição em Barretos, cumprindo seu propósito. Todo o percurso teve 260 km por estrada não pavimentada.
     

    Superação
    Juliana, que também se tornou madrinha da ação #ConectadosPelaPrevenção do ‘Outubro Rosa’ do HA, contou que sua história com o ciclismo começou muito antes do desafio. “Em 2016, comecei a praticar o ciclismo e me apaixonei pelo esporte e pelos desafios que ele me oferece. Com espírito competitivo, decidi, em 2017, participar pela primeira vez de uma competição. A partir daí, participei de diversas provas em todo o estado de São Paulo com expressivos resultados”, disse.
    No final do ano de 2018, após o diagnóstico de câncer de mama, Juliana precisou suspender as participações nas competições. Para ela, apesar de um processo difícil, com a ajuda de Deus e do Hospital de Amor, foi possível retornar a uma jornada intensa de treinamentos. “Como forma de retribuir todo o amor e dedicação que o hospital me oferece, assim como, estímulo a todos aqueles que estão em tratamento, eu digo:  acreditem em suas vidas e desfrutem do impacto positivo da atividade física durante seu tratamento. Foi por esse motivo que decidi realizar em parceria com o ‘Desafio do Amor’ esse trajeto”, explicou Juliana.
    Atualmente, a paciente segue em acompanhamento por exames de imagens semestral.
     

    Meta
    E não basta percorrer 260km, é preciso ter uma meta. Juliana disse que decidiu estabelecer um tempo para percorrer o trajeto. “Eu e meu preparador físico entendemos que seria possível realizar o percurso em menos de 24 horas. A meta era sair da unidade de Jales, às 17h, na sexta-feira (25) e chegar por volta das 9h, do dia seguinte, em Barretos”.
     

    Estratégia de ação
    A ciclista Juliana Petini contou com o apoio do técnico (carro de apoio) durante todo o percurso, estando acompanhada de seu treinador e duas atletas, uma delas, a digital influencer Priscila Mendes Faria, que também são engajadas com causas, para ajudá-la a manter um ritmo e oferecer apoio emocional.
    O carro de apoio levou todo suprimento alimentar, de hidratação e manutenção das bicicletas que foram necessários, garantindo assim a segurança e integridade física.
    Devido à pandemia, foram tomadas todas as precauções necessárias, mantendo o distanciamento recomendado pelos órgãos de saúde competentes.
     

    Desafio do Amor
    O “Desafio do Amor” foi criado pela engajada advogada Fernanda Teodoro e do arquiteto Magno Weiss, ambos de Redenção (PA). A campanha foi divulgada virtualmente e consistiu em organizações de pedais onde cada indivíduo escolhia o seu desafio pessoal e adquiria seu kit.  Os recursos adquiridos nas inscrições e venda desses kits serão destinados ao Hospital de Amor.
    Durante a divulgação do evento, Fernanda fez um contato através das redes sociais com Juliana e, após conhecer sua história com o HA, a convidou para ser uma das madrinhas ação. “Diante do convite, eu senti que devia, em nome da minha saúde e de todos os que estão lutando por suas vidas, ser sinônimo de superação, além de motivar pessoas através da iniciativa a participarem do evento a colaborar com o Hospital de Amor, que tanto precisa”, relatou Juliana.
    O evento contou com o apoio do artista Felipe Araújo e de um dos maiores organizadores de eventos de mountain bike nacional, Mário Roma.

    Juliana Petini iniciou o percurso no Hospital de Amor de Jales

    Os 260 km foram percorridos na companhia do seu treinador e de duas atletas

    Com muita determinação, Juliana alcançou seu objetivo de pedalar até o Hospital de Barretos

    Foram 260 km pedalando em estrada não pavimentada

  • Daniel Zílio

    Daniel Zílio, jornalista, que há 11 anos atua no ramo da comunicação, levando informação com ética.

Comentários


Deixe um comentário


2DZ © 2020 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Tribo Propaganda